Como não ganhar mercado

Desde algum tempo a Peugeot faz uma burrada enorme com seu 206 de entrada. Ou você leva direção hidráulica, ou ar-condicionado. Até há pouco tempo, isso não fazia diferença: o preço de um 206 básico com os dois equipamentos chegaria, hipoteticamente, próximo ao preço de um 206 de acabamento superior, já com os equipamentos.

A chegada dessa monstruosidade chamada 207, ou mais adequadamente 206,5, mudou a configuração. Agora pode-se comprar o 206 de entrada a R$ 30.190, com a mesma escolha burra entre direção hidráulica e ar-condicionado. Para se ter os dois simultaneamente, só no 206,5, que é bem mais caro.

Minha nossa, a diretoria da Peugeot foi substituída por um bando de cones? Não é possível! E tem executivos que são pagos para tomar esse tipo de decisões...

Comentários

André disse…
A Peugeot mal começou a ter lucros no Brasil, e já trata os consumidores brasileiros como IDIOTAS.

Acho que aprendeu com as montadoras que estão aqui há mais tempo, não?

O que mais me arrepia, é que milhares de ignorantes vão comprar essa PORCARIA de carro, achando que é realmente um 207. Quando na verdade não passa de um velho e ultrapassado 206 com botox e silicone.

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática