Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2005

Fiat Idea

Antes de retomar os últimos "testes" de carros, preciso falar um pouco da Idea. Está longe de participar do meu segmento favorito de automóveis, mas é fato que conseguiu superar um sério concorrente, a Meriva, um dos melhores carros à venda hoje pela General Motors.
A Idea é solidamente construída e a Fiat fez uma ótima escolha ao colocar o painel do Palio, melhorado, nela. Aquela coisa de painel central da Picasso não vira. O carro é bonito por fora, embora o design de minivan compacta necessariamente resulte num carro alto. Por dentro, uma posição de dirigir muito boa, com o câmbio em uma altura correta, bancos e materiais agradáveis. A Idea se supera em porta-objetos; se tem um legado que as minivans deixam ao mercado foi esse. Hoje não se vive mais sem porta-trecos e a Idea é campeã, inclusive com alguns no teto que deixam o objeto em questão cair no passageiro. Não bom. Mas existem vários outros muito interessantes.
Tal qual o Stilo, a Idea também tem um diferencial frent…

VW se alia à Porsche para se defender do apetite estrangeiro

Quando você digita um texto na janela do Blogger e depois seleciona tudo com o Shift, o texto some.

Neste caso, sumiram os cinco parágrafos que escrevi sobre a Porsche ter comprado 20% das ações da VW.

Basicamente, espero que a Porsche não se foda.

Já o Blogger eu quero que se foda ao quadrado.

Lá como cá

Ok, isso estava na seção "used cars" do site (automobilemag.com), mas vale para nossos médios defasados em relação à Europa. E, principalmente, bate com o que eu penso desses dois carros.

Golf GTI

"Although it expresses its luxury in restraint--restrained lines, fabrics, and colors--the VW GTI doesn't skimp on material quality. A few years ago, we reported on Ferdinand Piëch's then-risible plan to steal Mercedes-Benz customers with VW's superior quality. Nowadays, this doesn't seem so unrealistic. From the soft-return grab handles to the brogan-appropriate leather to the simple curve of the dash, the $19,460 GTI is a feast for the tactile senses. And this level of quality and appointment isn't just for the hot-rod model; it's there on the base Golf, too.
The GTI's interior is a persuasive thing--a few of us acknowledged that this is the car we'd buy based solely on the relationship of respect the GTI builds with its driver. Online editor Gre…

Esportivo de Verdade

Imagem
A GM vai lançar ainda este ano a linha SS de Corsa, Astra e Meriva. De fato ficaram bonitos, e na cor preta ficariam muito elegantes e ainda mais agressivos. Se é que se pode chamar de agressivo um carro com motor de Monza - o Astra, o mais forte dos três.
Eu quero um esportivo de verdade!

No entanto, os fabricantes aqui se debatem com uma barreira inglória. O seguro. É um absurdo o que elas pedem para segurar um carro esportivo. E nem precisa ir muito longe. O Brava HGT nem era tão mais bravo assim do que seus irmãos comportados (106 vs 132 cv). E no entanto, a diferença do seguro já era absurda. O fato desses carros estarem mais propensos a acidentes e a ânsia de lucro das seguradoras está matando uma tradição no país que já teve Gol GTi, GTS, Escort XR3, Monza SR, Vectra GSi, Uno e Tempra Turbo - todos mais fortes que as versões das quais derivavam.

Já imaginaram um Astra com o 2,4 16v do Vectra novo? E um Focus com 170 cv, como na Europa? Mesmo o velho Gol GTi de 142 cv, da última ve…

O mais bonito

Imagem
De vez emn quando um carro surpreende pela beleza de suas linhas. Foi assim com o Mercedes "Gull Wing", asa de gaivota, de 1954. A Jaguar começou a fazer parte do clube com o E-Type em 1961 e, mais recentemente, com o XKR. E agora, apresento-lhes o carro mais bonito do mundo. O Jaguar XK conversível.

No som

DJ Peran - We Want to be Free

A sucessora de Sandstorm. Já tava na hora.

O mais vendido

Eu quero que o mais vendido se foda. Não é birra do Gol não, é contra a história do “mais vendido” e o marketing que se faz em relação a isso.

Todo mês a Anfavea solta a tabela de vendas dos automóveis. A Fiat vai lá, olha, e taca que a Strada é líder em comerciais leves. EcoSport, pra ela, é carro de passeio.

Aí a GM vai lá e diz que o Corsa apavora todo mundo em vendas. Destrinchando os resultados, são as vendas de Corsa hatch somadas com a do sedã e do Classic, que nem chamado de Corsa é mais para efeitos publicitários, mas na hora de contabilizar as vendas muda magicamente de nome.

E tem o Gol que vende feito água e continua sendo aquele carrinho de sempre...

Eu sinceramente gosto de ter um carro que não vende tanto. As peças podem até ser mais caras, mas pelo menos o seu não é o quarto Astra hatch prata parado no estacionamento.

Contador

Agora finalmente tenho um contador para medir os acessos à minha página, e não só ficar imaginando quantos "lurkers" lêem minhas atrocidades e não escrevem nada... NÉ GORDO? NÉ TONY?

hehehe

Aliás o contador ficou a cara do hodômetro do Pug 206.

30 coisas indispensáveis no meu próximo carro

Se eu conseguir pagar:

1. Intervalo do temporizador de pára-brisa regulável
2. Pára-brisa com função uma-varrida
3. Repetidor lateral dos piscas
4. Faróis dianteiros de superfíucie complexa ou superelipsoidais (leia-se: iluminem PA PORRA)
5. Teto-solar
6. Pneus Continental ou Michelin (Goodyear nunca)
7. Ar-condicionado com controle digital
8. Toca CDs com mp3
9. Pelo menos seis alto-falantes
10. Maçanetas cromadas nas portas
11. Travamento automático das portas ao rodar
12. Botão central de travamento e destravamento das portas
13. Faixa degradé no pára-brisa
14. Iluminação e cobertura nos espelhos dos pára-sóis
15. Regulagem de altura e profundidade do volante
16. Volante de aro grosso
17. Ajuste lombar do banco do motorista
18. Apoio decente para o pé esquerdo
19. Todos os vidros com acionamento um-toque para descer e subir
20. Travamento do carro e subida dos vidros com um toque na chave
21. Computador de bordo com medição de consumo em km/l
22. Luzes de leitura individuais para m…

Honda Civic LXL manual

Civic manual? Pois é. O automático é muito lugar comum. A melhor expressão para o Civic hoje em dia seria: “coitado”. Ele tava indo bem, mostrou qualidades, e de repente foi atropelado por um carro maior, mais bem acabado, mais potente e mais gostoso de dirigir.

Mas o Civic ficou ruim? Não. O carro é bem espaçoso, grande atrás e o recurso do assoalho plano é bacana, embora não faça muita diferença. Os bancos são confortáveis e a posição de dirigir agrada. O carro é macio e tem comandos leves. O câmbio é primoroso, leve e preciso nos engates, ficando o único senão para a alavanca grande demais.

O Civic peca em algumas bizarrices. O paniel com aquele contorno azul nos mostradores é estranho. Os comandos do ar e ventilação também. Agora, nem a versão EX, do alto dos seus quase 70 mil reais de preço, tem freios a disco nas rodas traseiras? Pára tudo. Ok, o carro freia bem, mas tambor é coisa de Celta.

O VTEC de 130 cavalos deve ser econômico, e se for, essa é sua qualidade. “There’s no subst…