Postagens

Mostrando postagens de 2004
Nóis capota mais num breca

A primeira coisa que faz um carro andar muito é o freio. É bizarro, mas é verdade. Um carro com um motorzão mas sem freio e estabilidade, acaba tolhendo a sua vontade de dirigi-lo rapidamente. Você sabe que, na reta, vai ser uma delícia, mas vai ficar tão frustrado ao ter que começar a parar um quilômetro antes da curva, que prefere nem andar rápido. Fora o risco do fading acabar com os freios.

Por sua vez, se o seu carro for estável e freiar bem, você vai querer levá-lo ao limite mais vezes. Pois vai sentir a força da gravidade atuando nas curvas e nas freiadas, e sabe que o freio está lá caso o mané do Gol bolinha 96 resolva te fechar no meio da Marginal Pinheiros (baseado em fatos reais).

Tem pai de amigo meu que não liga pra airbag, mas não compra carro sem ABS. ABS é maravilhoso, mas não fundamental – um sistema de freios bem projetados dá conta do recado. O Golf, por exemplo, é um dos carros que freiam melhor, mesmo sem ABS. Todos têm disco nas 4 rodas …
Não tá rolando postar.

Nestes dias vi 2 carros próximos merderem retrovisores: um Bora 2 carros na minha frente, por um microônibus. e um Gol logo atrás de mim por um motoboy. Medo.

E hoje, 1h20 pra chegar no trabalho. Marginal em primeira por três pontes. Metrô que é bom ninguém faz.
Esse aqui é um trecho do livro que eu vou escrever sobre rachas... Me aguardem!

O galpão era uma estrutura metálica que lembrava um hangar de um pequeno aeroporto. Era de metal corrugado nas paredes e tinha um teto de plástico, que altervana fileiras transparentes que deixavam entrar a luz do dia e fileiras opacas. Era noite alta; lâmpadas brancas iluminavam apenas a metade anterior no galpão, na qual estávamos. Pilhas de caixas e a própria escuridão impediam que se enxergasse mais adiante. No lado iluminado, manchas de graxa e caixas de peças levavam a crer que aquilo era uma oficina. No entanto, não era possível ver nenhuma ferramenta ou equipamento.

Do lado esquerdo de Thomas estava um rapaz ligeiramente gordo, de pele bronzeada e um bigode bem cuidado. Os cabelos eram cuidadosamente penteados para trás com gomalina, e de seu pescoço pendiam duas correntes douradas. Vestia uma camisa larga, preta com flores brancas, uma calça jeans surrada e um par de tênis igualmente desgastados. …
Carro limpo e dia idem

Lavar o carro pra mim está indiscutivelmente associado com dias bonitos. Vejo um dia bonito e já quero lavar o carro – que está sempre sujo. Acho sensacional passar aqueles minutos vendo seu carro ficar limpo (sim, eu não lavo na mão, eu levo no lava-rápido) e ao mesmo tempo observá-lo, ver o movimento.
É um programa ótimo para fazer com os amigos. Outro dia fiz um desses. Fomos lavar os dois carros e, enquanto esperávamos, descemos umas duas latas de Itaipava cada um devidamente acompanhadas por um pacote de Ruffles. Poucas coisas são melhores do que isso num sábado de manhã, de sol rasgado.
Depois você leva o carro pra casa e ou chove ou passa ao seu lado um caminhão despejando terra, mas isso já são infortúnios do dia-a-dia.
Pequenos prazeres

Uma das coisas que eu mais gosto de fazer é passear pelas marchas do carro. Isso é aquela aceleração rápida mas não "full throttle", mais ou menos 50 a 60% da carga do acelerador, trocando rapidamente as marchas a 3 mil ou 3,5 mil giros até atingir a velocidade desejada (em São Paulo, normalmente 70 por hora, velocidade máxima da maioria das avenidas por aqui). Não é uma aceleração vigorosa onde você extrai o máximo desempenho. É uma relação que depende mais do torque do motor, da precisão do câmbio, das respostas da embreagem, do balé dos pés dosando a pressão nos pedais.

O Golf é uma delícia nesse aspecto. Pedais macios, de curso correto, o melhor câmbio manual do Brasil e um volante de pega adequada. Você curte tudo: o peso do carro sendo jogado na suspensão traseira, a embreagem acomplando a primeira marcha ao eixo motriz, o acelerador impondo o ritmo dos pistões, o ponteiro da velocidade subindo, o conta giros dançando conforme os comandos.

Carros 1.…
Carro tá caro!

A última edição da 4R com a escolha dos melhores carros pela faixa de preço me deixou de cara no chão. Até pouco tempo atrás os carros tinham faixas de preço bem definidas, e estacionaram nelas. Mille era 13 mil, Celta e Palio Fire 15/16, Gol GIII e Palio EX 21 mil, pequenos equipados (206 1.6, Corsa 1.8) até R$ 29 mil, médios a partir de R$ 32 mil (Golf 1.6, Stilo 1.8, Focus 1.8 - na época - Astra 2.0), Corolla, Civic básicos por volta de R$ 43 mil, topos de linha por R$ 55 mil. Hoje está RIDÍCULO! Mille a 16 mil, Siena 1.8 a mais de 33, Astra Sedan a 42, Picasso automática a R$ 62 mil! A galera ficou louca? Não vai ter jeito, pra sair da ditadura dos carros mil vai ser necessário apelar para os usados, e ainda ssim, com um pé atrás. Aí as concessionárias parcelam os totais em 60 meses e nego nem percebe que pagou 25 paus num Celta. Ah, façam-me o favor.
Carro novo

Carro novo é tão legal, né? Vc se endivida, paga estupidamente caro, não consegue o carro dos sonhos mas fica feliz assim mesmo. Este é o depoimento de uma amiga em seu blog que acabou de trocar um Uninho combalido...

A outra boa nova eu estava esperando até tê-la nas minhas mãos mas não vou agüentar.
Por quase 5 anos fui mulher de malandro. Ele me desapontou muito, 3, 4 vezes....Saía comigo de madrugada, me deixava na mão....
Eu vivia triste, dava uns trancos, falava alto.

Daí tinha que arrumar carona depois pra ele e pra mim....
Bebia, cheirava mal (tá, tá bom, era porque eu não dava banhos freqüentes nele)... Toda hora era um problema....

Claro que eh óbvio qual eh a grande novidade, certo?

CARRO NOVOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!
Animaaaaaalllllllll! Zerinho, cheirosinho, fofinho. Ai que gostosinho!!
UmA Ka cinza chumbo, batizada de Lita.

Lita Ford Ka.

:-P

Pego ela até o fim de semana.
Tou na maior pilha!
N4S Underground

Outro dia acabei o Need for Speed Underground. Show. O legal no jogo nem é correr, já que as corridas, dentro dos seus estilos, são basicamente as mesmas: cidade, noite, chão úmido, tráfego mala e carros mexidos. O legal é tunar. São várias combinações diferentes, o que permite que vc e um amigo acabem o jogo em suas respectivas casas e tenham carros totalmente diferentes.
Os carros do jogo são: Golf, Neon. Civic, 206, Miata, Focus, Lancer, Sentra, Impreza, Eclipse, Supra, Integra, S2000, 350Z, 240 SX, RX-7 e Skyline. Devo ter esquecido um ou dois. O Skyline é o melhor overall, como poderíamos esperar, mas muita gente opta pelo RX-7 por ser melhor nas curvas. Particularmente, acho o Skyline imbatível, inclusive pelo visual. O problema depois de jogar é olhar o seu possante lá na garagem com aquela roda original, pintura meio desbotada, grade sem graça. Triste. Mas pior ainda é dirigir. Não faça isso.
Astra 2005

Bom, galera, agora que acabou a escolha do melhor carro para SP, com um resultado que eu ainda não, digamos, digeri, vamos falar de cousas diferentes.

E primeiro vamos falar de Astrão com aplique de madeira no painel. BIZAAAAAAARRO!!! Ok, era plano da GM subir o Astra de nível de maneira que ele e a Zafira viessem a ocupar o lugar do Vectra, que vende menos do que rifa de bolinho. A Zafira, no meu ver, tem méritos. É bonita, elegante, leva 7 pessoas, tem um acabamento passável. O Astra não. Quando a GM vai se dar conta que o Astra é tosco? Dizem que é muito bom de dirigir; não nego. Sua posição de dirigir é equilibrada e confortável. É ainda um carro bonito, embora o polêmico pára-choque tubarão tenha estragado as linhas harmoniosas. Mas: a suspensão é molenga, oscila muito em ondulações e não transmite segurança em velocidade; o motor é velho, beberrão e ruidoso, embora torcudo; o câmbio é no mínimo impreciso - compará-lo com os câmbios de Stilo, Focus e principalmente Go…
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte X)
Concessionária

Foram milhares de quilômetros de uma união feliz. Ele te serviu muito bem nos primeiros anos, e você o recompensava com lavagens constantes, gasolina sempre do mesmo posto, cristalização da pintura e consertava na hora os pequenos amassados. Mas o tempo passou, a marcha lenta já não mostrava aquela regilaridade, a suspensão rangia, o acabamento começou a mostrar grilos e a confiança diminuiu. Graças aos bons serviços prestados pelo carrinho, você pôde acumular uma certa reserva financeira e entregá-la junto ao seu menino para sair da loja com um novo membro para a sua família. No último capítulo, vamos vender seu carro.
Ninguém gosta de perder dinheiro, seja milionário ou pé-rapado. Alguns carros se desvalorizam mais do que outros. Nestas horas, saber que o seu carro está bem cotado pode garantir um equipamento de som, rodas de liga leve ou mesmo um modelo melhor na hora da troca.
Carros pequenos são cheques à vista. Com …
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte X)
Concessionária

Foram milhares de quilômetros de uma união feliz. Ele te serviu muito bem nos primeiros anos, e você o recompensava com lavagens constantes, gasolina sempre do mesmo posto, cristalização da pintura e consertava na hora os pequenos amassados. Mas o tempo passou, a marcha lenta já não mostrava aquela regilaridade, a suspensão rangia, o acabamento começou a mostrar grilos e a confiança diminuiu. Graças aos bons serviços prestados pelo carrinho, você pôde acumular uma certa reserva financeira e entregá-la junto ao seu menino para sair da loja com um novo membro para a sua família. No último capítulo, vamos vender seu carro.
Ninguém gosta de perder dinheiro, seja milionário ou pé-rapado. Alguns carros se desvalorizam mais do que outros. Nestas horas, saber que o seu carro está bem cotado pode garantir um equipamento de som, rodas de liga leve ou mesmo um modelo melhor na hora da troca.
Carros pequenos são cheques à vista. Com …
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte IX)

Shopping Ibirapuera

Penúltimo capítulo! A saga foi mais longe do que deveria, em virtude de dificuldades pessoaos de atualização, mas, aos trancos e barrancos, chega quase ao fim!
O Shopping Ibirapuera foi escolhido a dedo por uma simples razão. Suas vagas são horríveis. Estreitas e curtas, são justas até para carros pequenos. Donos de picapes e SUVs invariavelmente extrapolam os limites de sua própria vaga, isso quando não impedem a passagem pelos corredores. Na maioria dos outros shoppings paulistanos, o estacionamento é menos caótico. No entanto, a capacidade de colocar o seu carro em uma vaga pequena sempre é uma grande vantagem. Afinal, quantos de nós não pensaram "Se eu tivesse um Ka eu conseguiria estacionar ali"? Se você for péssimo de baliza como eu, a situação fica pior ainda.

Honda Fit: 9
Celta 1.0: 8
Ford EcoSport: 7
Golf 2.0: 6
Audi A3 1.8T: 5
Palio Weekend Adventure: 4
Toyota Corolla: 3
Chevrolet Blazer 2.8 TD: 2…
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte VIII)

Posto Shell da Av. 23 de maio

É aquele posto gigantesco na margem direita da avenida no sentido centro-bairro, logo antes da Av. Dos Bandeirantes. É ponto de encontro de muitas tribos e um dos lugares que democratizam os automóveis: todos têm de abastecer.
Claro, dinheiro é relativo. O dono do Celta e o dono da BMW têm carteiras de tamanhos diferentes. Mas ninguém gosta de pagar mais caro por nada sem ter benefícios em troca. E com certeza, nessas horas o dono da BMW inveja o consumo somaliano do carrinho da GM, embora não deixe transparecer isso atrás do vidro blindado e com a placidez de quem se encontra confortavelmente instalado em uma poltrona de couro com a temperatura a exatos 21.5 ºC. O que vale aqui é economia de combustível. É um critério chave para a escolha de um carro por todos aqueles que suam pelo seu dinheiro e não querem vê-lo desperdiçado por aí.

Celta 1.0: 9
Chevrolet Blazer 2.8 TD: 8
Honda Fit: 7
Ford EcoSport: 6
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte VII)

Carrefour do Limão

Páscoa chegando e é época de comprar aquele monte de ovod de chocolate para filhos, sobrinhos, afilhados e aquele Diamante Negro tamanho 26 para consumo próprio porque, afinal, ninguém é de ferro. E nada mais justo do que ir até o supermercado para comprar os ovos juntamente com as necessidades do dia-a-dia da casa.
Supermercvado é uma tarefa inglória. Os preços sobem todos os meses, as calorias em excesso estão sempre à mão. Comprar com fome, então, é a pior coisa: lá vão para a casa caixas de nuggets, batatas, macarrões. Antes que dê fome, vamos falar de carros.
O item número zero para um carro ser bom de supermercado é o porta-malas: tem de ser grande. Mesmo compras pequenas se tornam incrivelmente volumosas com a adição de galões de água, por exemplo, ou mesmo os ovos de Páscoa, que não podem quebrar. A facilidade de acesso ao compartimento também conta. O resto é secundário.

Palio Weekend Adventure: 9
Chevrolet…
Qual o melhor carro para São Paulo? (notas parciais)

Estas são as notas parciais: resultados surpreendentes!

BMW 540i Protection: 39
Toyota Corolla SE-G: 38 (essa eu não esperava!)
Palio Weekend Adventure: 34 (boa surpresa)
Audi A3 1.8T: 29
Golf 2.0: 28
Ford EcoSport 1.6 XLT: 28
Honda Fit: 28
GM Blazer 2.8 TD: 26
Celta 1.0: 20
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte VI)

Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro

Então você não é daqueles que lota o carro com bagagem? Adora viajar sozinho pois pode colocar o ar-condicionado no "super-frio ultra"? Pode ouvir músicas bizarras sem ninguém reclamar? Leva a câmera no carro para tirar a foto dos ponteiros encostados no final (o popular VDO)? Esse é o seu lugar.
A rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro liga Taubaté a Campos do Jordão, estância de inverno que se torna o reduto de muitos paulistas em julho. Ela é tortuosa, cheia de curvas perigosas, com duas mãos subindo e descendo. Uma delícia para se andar rápido. E não vá pensando que isso é coisa de moleque, não; cansei de ver respeitáveis pais de família aproveitando que finalmente têm um carro bom (já vi Audi A6 e A3, BMW série 3, além de vários Vectras e Mareas) para curtir as curvas dali. Hoje julgamos a esportividade.
Ah, desculpem pela demora.

Audi A3 1.8T: 9
BMW 540i Protection: 8
Golf 2.0: 7
Toyota C…
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte V)

Rodovia dos Imigrantes

Um carro não pode ser escolhido como o melhor para São Paulo se ele não se comportar adequadamente num lugar que é visitado por milhões de pseudo-banhistas toda véspera de feriado: a rodovia dos Imigrantes.
São quatro pistas de asfalto excelente em toda a sua extensão. Curvas suaves e niveladas. No trecho de serra, a situação melhora ainda mais, com a ausência de caminhões e ônibus. Um passeio delicioso, não fossem o pedágio extremamente abusivo (mais de dez reais), o limite estúpido e idiota de velocidade na descida (80 km/h na estrada mais moderna do País) e, claro, os congestionamentos de horas intermináveis: eu mesmo já levei oito horas para descer até a Rio-Santos. A abertura da nova Imigrantes melhorou a situação, embora seja um paliativo. De qualquer maneira, já avaliamos os carros nos congestionamentos, então vamos considerar aqui condições normais de tráfego e clima. Considero também aqui uma viagem famili…
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte IV)


Av. Brasil x Av. Rebouças

Você acabou de sair da faculdade, de um curso ou mesmo de um happy hour mais prolongado. São por volta de 22h30 de uma noite bonita quando você se aproxima do cruzamento da avenida Rebouças com a avenida Brasil (ou Henrique Schaumann, no outro lado). O que pode parecer extremamente rotineiro para uns (como foi para mim, exatamente neste mesmo local e horário, por 4 anos) esconde uma grande armadilha: é o horário de maior criminalidade em São Paulo, num cruzamento com um dos maiores índices de assalto. O que traz à tona um assunto que não deveria ser nem mencionado ao se falar de automóveis, mas que infelizmente faz parte da realidade brasileira: segurança.
Aceleração e estabilidade contam muito se você tem disposição de fugir, mas esta não é uma alternativa viável para carros sem blindagem. A melhor alternativa, nestes casos, é não chamar a atenção. Quanto a isso, conto uma história: um colega de um amigo meu p…
Momento Cultural: Filtro Solar

Compensando a falta de posts, um pouco de sabedoria. Este texto faz parte de um projeto da Sony Music com a narração do Pedro Bial e outros artistas famosos. É muito legal e vale a pena.

Senhoras e senhores da turma de 2003: Filtro Solar! Nunca deixem de usar filtro solar! Se eu pudesse dar uma só dica sobre o futuro, seria esta: use filtro solar. Os benefícios a longo prazo do uso de filtro solar estão provados e comprovados pela ciência; já o resto dos meus conselhos não tem outra base confiável além de minha própria experiência errante. Mas agora eu vou compartilhar esses conselhos com vocês. Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude. Ou, então, esquece... Você nunca vai entender mesmo o poder e a beleza da juventude até que tenham se apagado. Mas, pode crer, daqui a vinte anos, você vai evocar as suas fotos e perceber de um jeito – que você nem desconfia hoje em dia – quantas tantas alternativas se lhe escancaravam à sua fre…
Qual o melhor carro para São Paulo? (parte III)

Rua Caiubi

Lembro-me de ter lido certa vez um comentário a respeito de uma foto aérea de Brasília: "caramba, essa cidade não tem uma subida!" Eu nunca fui, mas quem esteve lá garante que tudo é assim mesmo: plano até o fim dos tempos. Buenos Aires segue o mesmo roteiro.
São Paulo, em compensação, tem todas as subidas e descidas que faltam a essas cidades. Sua geografia é completamente irregular, com bairros bem planos (Moema, Campo Belo) e outros, a grande maioria, verdadeiros desafios à arte de ir e vir (Vila Madalena, Morumbi, Aclimação, Pirituba).
A Rua Caiubi representa fielmente essa tradição. É uma subida extremamente íngreme, uma travessa da Avenida Sumaré, em Perdizes. Até há pouco tempo seu piso era de paralelepípedos, uma verdadeira obra-prima na arte da perda de tração. Ela representa aqui todas essas subidas e descidas que se impõem à malha viária paulista.
Nessa situação, quais os diferenciais? Em primeiro lugar…
Qual o melhor carro para São Paulo?

Atualizações necessárias:

1. Por motivos já expostos (ver comments), e que achei justos, o Honda Fit entra no comparativo. As notas revisadas da primeira avaliação são:

BMW 540i Protection: 9
Toyota Corolla SE-G: 8
Audi A3 1.8T: 7
Honda Fit: 6

As outras permanecem as mesmas.

2. Em alguns carros, a presença ou não de opcionais pode ter ficado confusa. Para tanto, explico: todos são equipados com os opcionais mais comuns das categorias (vidros e travas elétricas, direção hidráulica e ar-condicionado), à exceção do Celta, que representa a camada mais simples e que vem "pelado." Para fazer avaliações híbridas, como a de um popular completo ou um carro não listado, faça uma média ponderada dos meus resultados, julgando por si mesmo, por exemplo, como o ar-condicionado melhoraria a nota do Celta na primeira avaliação, ou se não seria o caso. BMW, Corolla, Audi e Fit são automáticos; o Golf e a Blazer são manuais.

Avenida das Nações Unidas

M…
Qual o melhor carro para São Paulo?

Este é um assunto que deve surgir em diversas rodas de conversa sobre automóveis. Qual o carro ideal para São Paulo? Uma cidade cheia de contrastes, linda e horrível, rica e pobre, maravilhosa e insegura, a maior metrópole do hemisfério sul, lar de mais de 10 milhões de pessoas. O que faz um carro ser melhor do que outro na vida de um morador dessa cidade?
Confesso que essa é uma pergunta que nunca respondi. São muitas variáveis para considerar. São Paulo é uma cidade de trânsito difícil e geografia (física e social) mais ainda. Além disso, possui opções de escolha dentre quase todos os carros do mundo – o limite fica na carteira de cada um.
Para tentar resolver a questão de uma forma justa e lúdica, escolhi oito carros que acredito cobrirem a maior parte do espectro de possibilidades sobre rodas. São modelos representativos de suas classes. Se você julga que algum modelo importante ficou de fora, escreva um comentário pedindo para que ele seja inc…