Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Comentários das novidades

Muito boa a Quatro Patas desse mês. De vez em quando o dublê de fotógrafo dá uma dentro.

Alguns comentários.

Hyundai Devagaloster, com 160 cv só na cabeça da importadora e mais lerdo no 0 a 100 km/h que um Voyage 1.6. Vou apelidar de “Belo Antônio”, como antigamente era o Simca Chambord – muito bonito, mas na hora do vamos ver... deixa a desejar.

Mesmo problema aliás do Kia Koup, na opinião do M4R. Muito mais bonito que o Devagaloster, mas caro e fraquinho. 200 cv pelo menos.

Hyundai Elantra, o sedã mais espetacular da galáxia com eixo de torção na traseira. Antigamente os carros da Hyundai eram bons, mas a propaganda da CAOA os deixava intragáveis. Agora, além da propaganda ridícula, o carro é ruim.

Ou seja, antes ainda podíamos ver um Hyundai na rua e pensar que o dono optou pelo custo-benefício. Agora, com os Hyundais caros e ruins, só dando risada mesmo.

Nissan Versa, mais um feioso na linha do Logan, com amplitude de espaço interno. É pra quem vê carro como meio de transporte.

Chevrolet…

R$Z

Imagem
Lindo, lindo, lindo o Peugeot RCZ - e mais charmoso ainda na pronúncia em inglês britânico, "ar-ci-zed". O teste completo está no Best Cars.

Mas a R$ 165 mil, não deu. Por mais que a culpa seja do IPI mais alto (governo inútil), mas mesmo assim a coisa está salgada demais. Sim, é um carro de imagem, e a Peugeot quer que ele seja a alternativa barata ao Audi TT, de mais de R$ 200 mil, mas a verdade é que um carro bom desses está fora do alcance do solteiro bem de vida que gostaria de um cupê, mas não toparia pagar 165 mil num carro de 165 cv quando o Fusion V6 tem quase 100 cv a mais por 65 mil a menos.

Estilo não é tudo.

Chupa, governo!

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/990525-japao-vai-contestar-elevacao-de-ipi-para-carro-importado-na-omc.shtml

Comentários pelo ar

Antes de mais nada, agradecimentos aos leitores que compartilharam com o M4R a resistência ao compartilhamento total e irrestrito de tudo com traquitanas de Twitter, Facebook e quetais que só atrapalham a navegação de quem está interessado em conteúdo.

Comentários rápidos de dois carros a pedido do André:

- Renault Fluence

Uma das melhores surpresas do Salão do Automóvel de SP em 2010. Carro muito bonito, bem-feito, com interior claro e agradável, amplo espaço interno e o melhor conjunto entre motor e câmbio da categoria. Flex, três anos de garantia. A suspensão usa eixo de torção (podia ser mais evoluída), mas está bem acertada, com um comportamento mais para o macio. As dobradiças pescoço de ganso no porta-malas incomodam, e alguns materiais plásticos, como o das portas, poderiam ser melhores.

Mas isso é como achar pelo em ovo. O Fluence CVT é de longe a melhor compra da categoria dos sedãs do lado de cá de um Fusion 2.5. O manual é um bom carro, mas não tem o charme do CVT.

Isto posto, …

Off-topic: Navegação difícil

O M4R recebe muita queixas e comentários de falta de interatividade. Não temos um sistema de busca decente, não estamos integrados ao Twitter - e nossa conta lá é atualizada, digamos, com pouca frequência -, nem ao Facebook, nem ao Flickr, nem a qualquer outra das trocentas redes sociais que existem por aí.

A moda hoje é o site ser um portal integrado com vídeos, áudio, links para redes sociais, botão curtir, animações, e todo e qualquer recurso inventado para a internet.

O que é muito bom, se você navega com um computador de última geração e conexão de 400 milhões de terabytes com a Internet.

Mas a verdade para a maioria das pessoas não é bem assim. Nem todo mundo navega com um computador top de linha - muita gente ainda resiste com browsers antigos e sistemas operacionais obsoletos, sem contar as placas de vídeo pré-históricas (muito comuns en laptops voltados para trabalho).

A questão da banda larga é pior ainda. O acesso à internet no Brasil, por definição, é caro e ruim. Aí o sujeit…

Bem que podia...

Vai dar em pizza, pois o lobby das montadoras é forte. Mas que podia seguir em frente, ah podia...

http://economia.ig.com.br/empresas/industria/mpf-pede-investigacao-sobre-preco-de-carros-no-brasil/n1597256252116.html