Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Histórias de pescador

Longe de nós falarmos mal de qualquer aficionado por carros antigos. Com as mãos sujas de graxa, eles fazem muito mais pelo antigomobilismo do que qualquer blog. É graças a eles que muitos Galaxies, Dodges, Alfas, JKs, Simcas, DKWs e muitos outros fugiram do que seria uma lenta morte apodrecendo e hoje desfilam sua graça por aí.
Só que paixão e razão muitas vezes não combinam. E aí achamos que valeria dar um pitaco.
Recentemente conhecemos um Fusca 1976 levemente preparado. Motor 1.7, escape com poucas restrições e suspensão rebaixada. Segundo o dono, R$ 18 mil de investimento e “muito susto em carro de bacana por aí”.
Outro caso é o do Chepala recentemente comentado no AutoEntusiastas. A história de como este carro ganhou vida é uma verdadeira epopeia, e muito gostosa de ler, embora quem tenha alguma preocupação com segurança fique inquieto ao pensar que este carro rodou centenas de quilômetros entre MG e SP com um diferencial lubrificado com água, entre outras calamidades. Poderia ter…

Vou de táxi. #sqn

Alguns economistas têm colocado publicamente que os paulistanos (embora isto possa ser válido para outras metrópoles, os cálculos iniciais foram feitos para São Paulo) deveriam adotar táxis em seus deslocamentos diários, no lugar do carro particular. Segundo eles, em trajetos de até 34 km diários (17 km de ida e volta) o táxi sai mais barato.
Não vamos entrar no mérito das contas. De fato, se somarmos todos os gastos com carro, inclusive a depreciação, a conta faz sentido.
Mas o problema é que só a conta faz sentido. É como escolher a mulher pra casar pelo fato dela cozinhar bem. Não se está considerando todos os aspectos da equação.
Começa pelo fato de que não existe uma multidão de táxis te esperando na porta da sua casa todos os dias. É preciso ter um ponto de táxi próximo – que nem sempre terá carros à espera – ou então chamar táxis de cooperativas, que levam horas para chegar na sua casa, isso quando estão disponíveis. Os aplicativos de chamar táxi ajudam bastante na equação, mas ta…