Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2009

Questão filosófica

Lendo esses dias a C/D, deparei-me com um teste dos hatches médios nacionais, que apontava o 307 em segundo lugar e o Focus em primeiro. Concordo totalmente, até por serem os mais atuais; lembremos que o Golf está duas gerações atrasado, o Vectra GT é uma carroceria sobre a base do Astra, que também está duas gerações atrasado, e o Stilo nunca foi bom. Assim, temos o 307, atrasado uma geração – fato ainda perdoável, pois o lançamento do 308 da Europa tem menos de um ano – e o Focus, atualizado.

O interessante é notar como os carros chegaram a essa posição de destaque. Focus e 307 são bem opostos em alguns pontos da filosofia de como se fazer carros.

Explico: o Focus é um carro ditado pela engenharia. O rodar é muito superior, graças à uma suspensão moderna e um acerto impecável. As reações do volante são lineares e você sabe o que acontece com as rodas dianteiras. O câmbio (manual) é preciso e de curso curto. O motor está no equilíbrio certo entre potência e economia. É um carro cujo ve…

Em obras

Este blog está vivo!

Mas um pouco atabalhoado por conta do carnaval...

Dirijam com cuidado e aguardem, que em breve tem teste do Focus novo por aqui.

Barbecue Pasta

Dia desses o Joel Leite comentou na coluna dele a sinergia que pode acontecer da fusão entre Chrysler e Fiat. Eu confesso que até hoje nem parei para pensar no assunto, até porque tenho sérias, seríssimas, monumentais dúvidas em relação à viabilidade disso. A Chrysler está quebrada e a Fiat acaba de produzir seus primeiros balanços no azul após anos e anos no vermelho (e o fato de produzir o defasado Stilo por aqui, ainda mais com o motor 1.8 mais defasado ainda, mostra que a Fiat entende na estratégia GM de vender carros horrorosos para os brasileiros enquanto remete todo o lucro absurdo à matriz).

Mas vamos esquecer a conjuntura econômica por um momento e pensar apenas nos produtos. Joel Leite acerta quando fala que praticamente inexistem sobreposições em ambos os portfólios. A Chrysler é essencialmente americana, no sentido literal da palavra. Carros grandes, picapes maiores ainda e motores grandes e beberrões. Enquanto mesmo a GM e a Ford já obtêm relativo sucesso nos EUA com seus …

A melhor notícia do ano, do século, do milênio!

Do Motor Authority:

BMW design chief Chris Bangle quits auto industry

One of the most recognized automobile designers in the world, Chris Bangle, has announced today that he plans to quit the auto industry to pursue his own design-related endeavours. Bangle is the controversial designer behind recent BMW design traits such as ‘flame surfacing’ and the notorious ‘Bangle Butt’ boot lid, and his creative works have divided numerous BMW enthusiasts over the years who either love or hate them.

Bangle leaves the post of BMW Group's Head of Design and will be replaced by Adrian van Hooydonk, who is currently Head of BMW Automobile Design. Both designers have worked closely together for the past 17 years and have mapped out a clear and aesthetic route for the future of the German luxury carmaker.

Christopher Bangle has had a lasting impact on the identity of BMW Group’s brands. His contribution to the company’s success has been decisive," said BMW development chief Klaus Draeger.

After st…

É tudo uma questão de dinheiro

Tá puto com a concessionária? Aquele atendimento porco e largado, como sempre? Tá achando que um jegue seria melhor do que aquele chefe de oficina?

Azar o seu, que não tem uma Ferrari. Preste atenção no nível de profissionalismo. É realmente de outro nível.

(Cortesia dos hermanos do Argentina Auto Blog. Olha só como portunhol é bem diferente do espanhol de verdade...)

A los 66 años, Alberto Pérez es el único mecánico oficial Ferrari y Maserati de la Argentina. De la revista Mecánico Profesional me encargaron entrevistarlo en su taller de Colegiales y acá van algunos de los párrafos más interesantes de la charla.

Cómo se convirtió en el único mecánico oficial de Ferrari en la Argentina?

En 1992, cuando Fiat Argentina se hizo cargo de la representación de Ferrari, me llamaron para ofrecerme el trabajo. Yo en ese entonces hacía el mantenimiento de la flota de prensa y eventos de Alfa Romeo. No sé si me eligieron porque soy el mejor o porque pensaron que era el único capaz de asumir esta respo…