Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2007

Chega de porcaria

Oi pessoal! Desculpem a demora!

Voltamos à carga: seção de cartas da Quatro Rodas de maio. Sobre o comparativo no qual o repórter medonho tentou de todas as maneiras dar a vitória ao Golf GTI: “o Civic Si já é o melhor esportivo do Brasil”, e “A VW tenta ludibriar os consumidores do Golf GTI (...) Nas mesmas coindições de gasolina, o Si renderia 200 cv!”

Sobre o novo Golf, há uma carta elogiosa, comentando da solidez do nome Golf diante da Fiat e seus médios. E várias críticas: “Meu 307 deixa esse ‘novo’ Golf com cara de velho”; “Não foi à toa que a VW perdeu a liderança do mercado. O novo Golf é, no mínimo, decadente”; “Frente de Palio da geração anterior e traseira de CrossFox”; “Como fã do Golf e da VW, fiquei decepcionado!”

Pelo visto, o consumidor brasileiro está ficando esperto. Essas gambiarras na linha de Golf 4,5 e Vectra e Astra com motor de Monza podem estar com os dias contados. Basta ver o estrago que o 307 segue fazendo no segmento dos médios, e isso custando bem mais caro …

Mais do Golf

Fui ver esses dias o Golf novo. A remodelação me pareceu a mesma coisa que o Palio – não ficou mais bonito e nem mais feio; ficou diferente. Com a exceção que o Golf era um carro que realmente precisava de mudanças.

Por dentro, é frustrante. Qualquer um acostumado com o interior do Golf IV não vai achar que trocou de carro. Muita coisa permaneceu igual, e o que mudou – volante, instrumentos, revestimento dos bancos – não é suficiente para termos a impressão de um carro novo, coisa que a Fiat se preocupou em absolutamente todas as reformulações do Palio, com talvez a exceção da geração nova.

Ponto alto segue sendo o acabamento, top da categoria, junto com o 307. O volante novo melhorou MUITO em relação ao três raios antigo, de aro fino. Bons detalhes mantidos foram as luzes de cortesia nas portas e, ao contrário do que disse aqui, o porta-copos no console central, o melhor da produção nacional (também entrei num Bora e chequei a ausência deste item).

O atraso tecnológico que vem assoland…