Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2016

Pretensão

A GM anunciou os preços do novo Cruze, 90 mil na LT, 97 mil na LTZ e 107 mil na LTZ Plus.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

E ainda ficam defendendo o "pacote tecnológico", sendo que o GPS do LT é aquela porcaria que o Linea tinha e que nem o mais caro tem controle de cruzeiro adaptativo.

Aguarde que em breve todos eles estarão com bônus de R$ 12 mil a partir de (inserir data de lançamento do Civic aqui).

Imprensa como deve ser

A saída do editor-fotógrafo e a entrada de um editor de verdade fizeram um bem danado à maior revista sobre carros do Brasil. Acabaram as matérias elogiando qualquer porcaria e entendendo as decisões idiotas das montadoras, e começaram as notícias que realmente podem ajudar os entusiastas, como esta abaixo. Muito bom!
http://quatrorodas.abril.com.br/materia/10-carros-legais-a-gente-nao-ve-no-brasil-1

Teste: Audi TTS

Imagem
Reclamamos recentemente que falta um carro pro entusiasta se descabelar. Falta sim, mas para o entusiasta pobre. O entusiasta endinheirado pode pegar 300 mil reais e investir num tesudo Audi TTS.
O carro que nasceu bonito, porém um tanto feminino foi ganhando arestas e pontas até se tornar um cupê bonito, moderno e chamativo. Para alguns, o passado do TT condena, mas aí são os mesmos que continuam condenando o Porsche Boxster e nenhum dos dois tem cabimento. O TT ficou realmente bonito, e na versão TTS as espetaculares rodas de 19 polegadas e as quatro saídas de escape pouco discretas complementam o visual. O que testamos vinha num Azul escuro metálico espetacular.
A versão TTS é a “esportiva-intermediária da linha”. Além da TT com 220 cv, existira á TT-RS, com portência estimada superior a 340 cv. O TTS fica no meio termo com 286 cv extraídos de um quatro cilindros 2.0 16v turbo e injeção direta, potência atingida a modestos 5.300 rpm, e 38,7 m.kgf de torque a 1.800 rpm. A transmissão…

Comentários nervosos

Salve pessoal, paramos, mas não morremos.
Em primeiro lugar, desculpem a falta de atualizações. Foi uma combinação de excesso de trabalho com férias e falta de material já pronto e não publicado. O teste do Fusca era o único que tínhamos, se não fosse ele não teríamos publicado nada de novo.
Em segundo lugar, tá difícil de escrever sobre carros. Falta movimentação no mercado. Juntamos alguns assuntos diversos abaixo, mas nenhum deles com força para render um post sozinho.
A principal movimentação da indústria automotiva dos últimos meses foi o lançamento do Fiat Mobi. É válida uma comparação com o lançamento do up!, que causou muito mais furor, avaliações e testes quando foi lançado. O Mobi foi desmascarado de cara. Ao contrário do up!, projeto novo e global, o Mobi é um Uno reduzido e levemente modificado, sem alterações mecânicas relevantes e as alterações de aparência não são necessariamente melhores ou mesmo relevantes. Parece que alguém na Fiat viu a oportunidade de entrar num segme…