Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

GM acelerando

É cedo, muito cedo, prematuro até para falar em “virada” da GM. Agora, que a linha de produtos ficou bem mais interessante, isso não tem dúvida.




Começando pelo Cobalt, que não tem nada de revolucionário, mas é um produto bem-feito e encaixado num nicho de mercado bem definido e que tem seus admiradores. É competitivo em relação a Logan, Versa e Siena de uma forma que o Prisma ou o Corsa Sedan antigo não conseguiriam ser. E é o mais espaçoso dos três.



Depois vem o Cruze, sedã bem executado e que, ao apostar na sobriedade, ganhou consumidores que não se tornaram fãs dos desenhos mais ousados de 408 e Fluence. O Cruze ganha em preço dos japoneses e não sofre com os problemas crônicos de Jetta (aquele motor paralítico de 120 cv) e Focus (aquele câmbio de 4 marchas que já deu).



O Cruze hatch vai pelo mesmo caminho, adicionando uma dose extra de esportividade e um design mais bonito. O preço está muito alto, mas os de boa memória lembrarão que o Vectra GT-X começou a vida custando igualment…

Comentando

Corolla XRS
Volante cortado, aerofólio e... Mais nada? Vai tomar banho, Toyota! Não é assim que se reduz a média de idade dos compradores de Corolla, atualmente na casa dos noventa anos. Que tal um câmbio melhor do que aquele pré histórico de 4 marchas, hein?
VW Amarok automática
Ganhou o comparativo da Quatro Rodas E o da Car and Driver. Impressionante. A nova S10 é muito interessante, mas não há como negar que a Amarok é a picape do momento.
New Fiesta
Dona Ford, CADÊ O AUTOMÁTICO? Quem sabe em maiúsculas...
Novo Civic
Que bobagem, hein Honda? Não tá vendendo nada... Que venha a próxima geração, porque essa... nasceu morta.

Vai tomar o X

O Uno superou o Gol em vendas em março e no acumulado de 2012. Por um pentelhonésimo.

O que isso significa? Nada.

Vamos refazer estas contas em dezembro. Até lá, a VW pode ter adotado a estratégia de antecipar o face lift do Gol para meados do ano, ou simplesmente reduzir os preços de um carro que é melhor que a concorrência, mas é caro pra caramba.

Ou não fazer nada disso e perder a liderança para o Uno. Cai um argumento de vendas do Gol, que talvez já esteja na hora de cair mesmo. 25 anos como líder em vendas é muita coisa.