Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Esquenta a briga

E vai ficando cada vez mais quente o embate Golf x Focus, conforme as primeiras unidades chegam ao Brasil e passam pelos testes de imprensa.

E o primeiro sinal vermelho para o Focus apareceu na Quatro Rodas deste mês, no qual o sedã Titanium ficou em terceiro lugar num comparativo cujo vencedor foi o C4 THP, seguido pelo Civic EXS e com o Cruze ao final. Note que em breve teremos o Corolla novo tornando este embate ainda mais difícil.

Era uma tradição do Focus sempre vencer os comparativos após o lançamento de uma nova geração. O Mk1 e o Mk2,5 que tivemos no Brasil sempre foram “papa-comparativos”, deixando inclusive os japoneses para trás, ao aliarem comportamento com equipamentos e bom preço.

Mas pelo visto o bom chão do Focus, vindo de sua suspensão traseira multilink com excelente calibração, está ficando para trás se comparado com os motores turbo da concorrência. E aparentemente a qualidade de montagem do Focus argentino está deplorável, com as peças todas fora do lugar ao melho…

Leitura importante

http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2013/09/18/brasileiro-paga-preco-de-carro-de-luxo-por-carro-que-e-popular-no-exterior.htm

Brasileiro paga preço de luxo por carro considerado popular no exterior
O brasileiro paga o preço de um carro de luxo por um carro que, no exterior, é considerado popular. O levantamento foi feito pelo jornal "Valor Econômico". Mesmo sendo produzido em São Caetano do Sul (SP), o Cruze na versão sedã, por exemplo, custa no mercado brasileiro o equivalente a US$ 28,9 mil. Nos Estados Unidos, tem preço bem inferior: um pouco acima de US$ 17 mil. O modelo produzido no Brasil também é cerca de US$ 10 mil mais caro do que na China. O Focus, líder global de vendas fabricado pela Ford, parte de US$ 22,1 mil no Brasil, quase US$ 3 mil a mais do que o preço mínimo no mercado americano. Segundo o "Valor", os críticos acrescentam a esses fatores o protecionismo comercial - que tira a competitividade dos veículos importados - e a alta disposição …

Para pensar

"Qual carro da Fiat você sonha em ter na sua garagem?"

Boa pergunta. Por exemplo:

Da Volks, Golf 7.

Da Ford, novo Fusion.

Da GM, Cruze hatch.

Se fosse a Fiat, eu tratava de trazer a Alfa logo.

Esquentou

Tanto a Quatro Rodas quanto a Car and Driver dedicaram suas capas ao Golf 7. Interessante perceber a expectativa pelo médio da VW, sendo que o Focus (mais vendido globalmente) também está chegando, inclusive com unidades expostas no Parque do Ibirapuera, em São Paulo.
As informações você já deve ter lido. Nesta primeira onda de veículos importados da Alemanha, teremos a versão civil equipada com um 1.4 turbo de 140 cv e 25,5 m.kgf de troque a partir de 1500 rpm, número digno de motores acima de 2.0. O desempenho é claramente superior a tudo que se entende como hatch médio hoje, com a aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 9 segundos - tá cheio de suposto esportivo por aí que não chega nem aos pés. 
Além disso, o Golf promete um nível de refinamento diferenciado, tanto no comportamento da suspensão, com multilink na traseira, quanto no acabamento, que deixa pra trás a pobreza nos painéis de porta que acomete tanto o Focus atual quanto o primo Jetta.
O pacote de equipamentos é muito intere…