NBSR: Stilo Dualogic

Quero estrear um novo colaborador aqui do blog, um rapaz muito sensato, apaixonado pelo mundo do automóvel mas infelizmente farto das bobagens divulgadas pela imprensa tentando maximizar seus lançamentos, enrolando os repórteres com seus textos promocionais e mirabolantes. Então ele será nosso “No Bullshit Reporter” ou, mais educadamente, repórter sem papas na língua. Como gosto de siglas, ele doravante será o NBSR.

NBSR escreve o release sobre o novo Stilo Dualogic.

Como sabemos que nosso carro não vende nada e foi o maior furo n’água, ao tentarmos fazer um Golf melhor que a Volkswagen, agora vamos fazer uma leve remodelação para ver se alguém se incomoda a comprar nosso produto e nos dar algum dinheiro, enquanto o Brava não vem. Afinal, vendemos todas as versões do Stilo acima dos 51 mil reais, preço de Peugeot 307, que é muito mais carro.

O novo Stilo vem com umas modificações que deixaram a dianteira mais feia, e ainda por cima não melhoraram a traseira, que nunca foi grandes coisas. Difícil fazer alterações estéticas num carro quadrado. Aliás, ele é tão inadequado à nossa linha que a frente dele é bem diferente da dos outros carros da Fiat, mas por favor não espalhe isso hein...

Também aproveitamos para equipá-lo com o câmbio Dualogic, um manual automatizado que tenta substituir o câmbio automático que o carro deveria ter tido desde sempre, mas nós não colocamos. É um câmbio manual com a embreagem acoplada, que dá trancos quando você o dirige e acaba com a suavidade que deveria ser sinônimo de carro automático. Mas tudo bem, afinal ela é mais econômica que uma caixa manual (não que nosso Stilo, pesado e com motor 1.8, seja muito econômico, mas tudo bem) e mais barata que uma caixa manual. Assim podemos cobrar apenas 2,5 mil pelo opcional (cujo custo é de 2 mil reais, como a GM já anunciou aos 4 ventos, mas precisamos colocar uma margem de lucro em cima), e assim podemos continuar vendendo nosso carro 10 mil reais mais caro que o melhor da categoria, o Focus, sem nenhum motivo aparente, já que todos os equipamentos realmente diferenciais do Stilo vêm em pacotes opcionais.

Mas ao menos nosso câmbio tem a opção de trocas por borboletas atrás do volante. Ao menos é uma novidade na categoria e um diferencial.

Vamos comprar o carro aí gente, é novidade!

Comentários

Anônimo disse…
Cara, q comentário ridículo... caso você não saiba, o stilo vende MAIS que o 307, e praticamente a mesma coisa de Gol(f) e Focus (um bom carro, mas infinitamente mais "velho"). E leia sobre o Dualogic antes de falar besteira: o CB indica a marcha usada sim, inclusive em modo automático.
Se informe, para não informar equivocadamente os outros.
Abs
Claudio disse…
Sem dúvida o Stilo tem vendas expressivas. Eis o ranking da Fenabrave relativo ao ano de 2007:

Astra: 25.008
307: 14.078
Focus: 13.797
Golf: 13.527
Stilo: 13.022

Até o Vectra GT, cujo preço de partida é de R$ 60,5 mil, vendeu cerca de 1.100 unidades mensais em 2007, mais do que a média mensal do Stilo...

Quanto ao Dualogic não posso falar nada pois não dirigi o carro.
M4R disse…
Desculpem o erro em relação à indicação de marcha no computador de bordo. Devidamente corrigido.
Rafael Marçal disse…
kkkkkkkkk gostei do texto não concordo com tudo mas serviu pra galera agitar o blog boa iniciativa

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6