Salão do Automóvel 2008 6: Ford

A vereadora paulista Mara Gabrili teria um troço ao ver a quantidade de escadas no estande, totalmente contra os cadeirantes. Pelo menos não tinha muita pirotecnia.

320 Edges expostos, e resumo: quem comprar ganha um atestado de otário e precisa jurar que o Dunga é o melhor técnico que a seleção brasileira já teve.

Da linha atual, uns estudos sobre o Ka, não muito interessantes a não ser pelo fato de que um deles usa os retrovisores externos e o volante do Fiesta europeu novo. Um otimista incorrigível poderia dizer que a Ford brasileira já começa a lidar com as peças do carro, será que teremos aquele show de compacto por aqui?

O Verve, aliás, é o conceito que inspirou o Fiesta novo e o carro é tão revolucionário no design dos compactos quanto o 206 foi nos anos 90. Será a nova referência.

Mustang já deu né? Por mais que o 500KR seja bonito, intimidador e muito forte, é o terceiro salão seguido que a Ford traz e dá destaque ao carro, e nada de trazê-lo. Então chega.

Focus (ou Foci, no plural) de monte, de todos os jeitos. O melhor médio nacional.

Destaque: O Focus ST é muito interessante e deve ser delicioso. Cara nervosa, bancos de ótimo apoio, câmbio de seis marchas super macio. Muita gente interessada. Faz ele na Argentina dona Ford!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6