Nomes aos bois

O i30 chegou pondo banca de hatch médio com conteúdo de carro de luxo a preço de banana. Agora, com o lançamento já feito, nota-se claramente que as coisas não eram bem assim. O i30 de 58 mil, o mais barato, não é significativamente superior à concorrência em termos de equipamentos: dois air bags, ar manual, etc. Já o i30 realmente completo, com preço acima de R$ 70 mil, já começa a entrar na seara de gente muito grande, como Civic EXS, Corolla SE-G e principalmente Jetta, vendido pela VW agora a R$ 78 mil. E o Jetta põe o i30 no porta-luvas.

 

Além disso, um ponto a ser levantado é a absolutra mentira que a CAOA conta nas propagandas da Hyundai sobre o i30 completo ter oito airbags. Ele tem, na verdade, os frontais (dois), os laterais (mais dois) e os de cortina (mais dois), e que portanto somam seis, e não oito. Se a tentativa frustrada foi dar maior peso às bolsas cortina, que protegem pessoas nos bancos dianteiros e traseiro, deveria ter sido dado menos peso aos airbags frontais e laterais que, afinal, protegem só duas pessoas. Pelo menos a imprensa especializada não caiu nessa e vem citando o i30 com seis airbags.

 

E, para completar, li outro dia na revista Motor Show que a tão propalada garantia de cinco anos dos Hyundai é, na verdade, total apenas no primeiro ano. Os outros quatro cobrem apenas motor e câmbio. Bem, a VW dá essa garantia de três anos pra toda a linha, menos Kombi, considerando que apenas o primeiro é de garantia total. Ainda preciso averiguar essa informação, mas se for verdade será um tremendo abalo na estratégia Hyundai de divulgação e atração de clientes.

Comentários

Anônimo disse…
Fui ver uma Santa Fe semana passada e posso confirmar, o vendedor foi bem claro comigo: 5 anos de garantia mas sendo apenas 1 ano total. Os outros cobrem motor e câmbio.

Em tempo, Santa Fe por 94 mil tá uma boa pedida, mesmo sendo 08/09 ;)

Abraços
Dubstyle disse…
Isso não diminui o bom custo-benefício dos modelos da Hyundai, mas isso para mim é propaganda enganosa. Hyundai com apenas um ano de garantia, sei não.
Conrado disse…
Bem, quando se faz a propaganda "5 anos de garantia" se presume que o produto tenha 5 anos de garantia, e não só parte dele.
Paulo disse…
Olá Dubstyle, mais uma noticia excelente, como todas de seu blog: continue assim, obrigado! pra mim é questão de confiança: se eles apregoam 5 anos sem mais palavras, então deveriam ser 5 anos integrais (todo o carro). Se, na verdade é só 1 ano e eles não te dizem, então estão enganando. Eu tô fora da Hyundai: nem pela metade do preço eu levo um... (e antes que alguem diga que estou filiado a algum concorrente, já vou avisando muito claramente: sou apenas o "pobre" consumidor brasileiro -que paga uma fortuna em impostos...).
Anônimo disse…
Voltei há pouco da Espanha, lá anunciam na TV o i30 a 10.200EU, ou cerca de R$30.000. Por mais que seja a versao mais básica, a top deve ser uns 15? 45mil reais. é triste a Hyundai embarcar na farra do sobrepreço de todas as outras montadoras. e vao por a culpa em imposto...
André disse…
Bom, continuo com pé atrás em relação a carro coreano. Se alguém ler esse meu comentário daqui a 10 anos, talvez possa concluir que me enganei.

Na boa, por 90 e tantos mil suados reais, fico com um Ford Fusion. Ok, pra "economizar", um VW Jetta. Tô fora desses carros coreanos. Pra mim, é mais do bom e velho xing ling.

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6