Punto T-jet

Mas não tenham dúvidas que por 60 mil eu teria outro carro. Mesmo desconsiderando o Fusion a 64, que seria a escolha óbvia, eu levaria um Focus GLX para casa com essa grana. Ou um Polo (por menos). Ou um Sentra. Até um Bora. Mas é uma questão de perfil. Quem roda numa cidade congestionada como São Paulo, infestada de radares e coisas muito piores, como caminhões e motoboys, vê um uso bastante limitado para um esportivo. Então dá-lhe conforto e câmbio automático.

Agora, respeito demais esse carro. Aliás, em primeiro lugar respeito a atitude da Fiat de lançar um esportivo de verdade, um tapa na cara desses carros que se acham só porque têm adesivos nas soleiras das portas. Há um abismo entre um esportivo cosmético e um de verdade, e o Punto T-Jet se encaixa na segunda categoria (e o Sporting na primeira).

O T-Jet é um pocket-rocket de verdade, com um belíssimo comportamento dinâmico e muita força no pequeno motor 1.4 turbinado. Não está na mesma liga que Golf GTI e Civic Si, mas também é bem mais barato. Deve ser uma delícia dirigi-lo num lugar que comporte boas acelerações e curvas velozes. A Fiat aproveitou para recalibrar suspensões e colocar freios a disco no eixo traseiro, uma falha importante das versões “normais”.

Veremos poucos nas ruas, mas seguramente o motorista dentro terá um sorriso no rosto. Desde que não estejamos num congestionamento...

Comentários

Kleber disse…
Tambem ficaria com o focus!

Parabens pelo blog, achei a pouco tempo e estou lendo tudo (até os arquivos)
Conrado disse…
Olha, depois que eu li na 4R que ele faz de 0-100 em 9,7 segundos, me apavorei!
Devem ser 152 poneis e não cavalos!
Ta quase pau-a-pau com o Astra Monzão..
Dubstyle disse…
Kleber, obrigado e volte sempre!

Conrado, difícil saber no que acreditar. O Focus hatch automático fez de 0-100 km/h em 11,2 segundos na C/D e em 13 segundos na 4R. Esse Punto tem conjunto pra fazer em menos de 9.
Israel Pablo disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Israel Pablo disse…
Também estranhei os números. A Autoesporte indica 9,6 segundos.
Também creio que deve fazer menos de 9.
T.G disse…
Pessoal, acho os 9,6s bem razoaveis. É só fazer umas contas.
O Focus pesa 1232 kg e tem 145cv (relação 8,49kg/cv) e acelera de 0-100 em 13s (automatico - teste 4Rodas). O manual deve estar na casa dos 10s baixos.
O Punto Turbo tem 152cv e pesa 1230kg (relação 8,09kg/cv). Portanto, considerando que as relações de marcha estejam adequadas em ambos os carros, o valor de aceleração do Punto é mais do que aceitavel. O que deve ser interessante nele são as retomadas (pela característica de torque maximo a partir das 2250 rpm) que o turbo proporciona. Se a Fiat quisesse colocar o Punto turbo na casa dos 8s alto deveria ter colocado um câmbio de 6 marchas nele, para puxar a relação dele para cima.
Abraços.
Conrado disse…
Opa,

Estava lendo a 4R do Punto T-jet, e comparei os valores de aceleração 0-100, 40-100... deem uma olhada, o punto t-jet perde em quase todos os quesitos para o C4 automático!
T.G disse…
Conrado,

Os valores de retomada de carros automaticos não devem ser comparados à carros manuais por que nos carros manuais eles são feitos em uma marcha fixa e nos automaticos em D (drive). Ao acelerar o câmbio reduz para a marcha mais adequada, o que reduz muito o tempo da medição.
Se, no caso do C4, o câmbio estivesse no modo tiptronic (manual) e travado em uma marcha (2º ou 3º) os valores seriam muito piores.
Abraço.
Conrado disse…
T.G.

Não sei se não compreendo ou não concordo.
Em um carro manual basta reduzir com um "punta taco sem freio" para entrar na faixa de torque ideal, sem perder performance.

Bem, no fim vai ser um discução infindável, o que eu acho, é que esse t-jet é bem meia boca. Se o 0-100 fosse na casa dos 8s e com uma 6ta marcha, talvez valesse 50 mil. Talvez.
edutango disse…
Galera não falem por falar ou achar,
tenho um t jet e um SI
Ambos andam muito
o t jet sai na frente e só depois o si vai pegar
para uso urbano eu prefiro o tjet o carro valeu o preço

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática