Os honestos

Foi notícia hoje um grande acidente na Avenida Paulista, em São Paulo, envolvendo diversos ônibus e carros. Aparentemente tudo começou quando um ônibus ficou sem freios e, para evitar maiores consequências, o motorista bateu propositalmente em um poste.

Parabéns ao motorista. Mas não é sobre isso que vamos falar.

Outra notícia recente é a de que um grupo de quatro carros do Eike Batista, que seriam leiloados, têm entre si nove multas vencidas e não pagas.

O que vamos falar é sobre desigualdade no trânsito.

Desigualdade que joga contra os honestos que pagam com muito suor a compra de seu carro, que pagam com mais suor ainda a sua manutenção, que pagam as multas adiantado para aproveitar o desconto, e que parcelam o IPVA em três vezes (típico absurdo do Brasil, no qual o governo ao invés de baixar o imposto, parcela em três vezes).

Aí você está na rua dirigindo, usufruindo do conforto e mobilidade pagos com seu suor, e vem um estúpido num carro velho totalmente remendado com massa epóxi e bate no seu carro. Nem vamos falar de gente machucada, vamos ficar só nos bens materiais. O cara não vai te ressarcir nunca. E vai embora, dirigindo impunemente, alheio a multas e qualquer consequência. Quando o carro quebrar de vez ele abandona por aí e pega outra lata velha.

Ou então você é atingido por um playboy num carro caro, um inconsequente que acredita estar acima da lei e de todos, e que também vai embora impunemente, provavelmente o carro em nome de algum laranja, ou então boa sorte pra você tentar um ressarcimento contra exércitos de advogados e uma estrutura já pensada em burlar a lei. É gente que acrediuta que não precisa respeitar nada: nem semáforo, nem leis de trânsito, nem nada. Muito menos pagar multas.

E nem vamos falar do governo, que joga contra todos, permitindo que o asfalto se esfarele, pintando faixas a esmo e chamando de ciclovias, espremendo quatro carros onde não passam três, com curvas em desnível e semáforos fora de sincronia. Já ouvimos que “quem reclama de asfalto é rico”. Não. Quem reclama de asfalto é gente honesta.


E ainda bem que os honestos são maioria.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática