Não merecia

A GM prepara a despedida do Vastra (ops, Vectra) da mesma maneira que o anterior: com a série especial Collection, desta vez pintada num belo Verde escuro (chamado de Verde Lotus e que lembra o tradicional British Racing Green) e rodas especiais. Então é chegada a hora de pensar no epílogo desse carro.

O Vectra atual foi um carro que o M4R viu nascer, cheio de esperanças. Seria o substituto de um ícone, de um sedã que foi sonho de muita gente. Acompanhando sua fase de projeto por meio de fontes dentro da GM, depositamos um bom grau de esperança no modelo. E quebramos a cara. Feio.

O Vectra consolidou num carro tudo de ruim que permeia o pensamento da GM ultimamente. Falamos sobre isso exaustivamente. Os custos tomaram conta do projeto, e o resultado foi um automóvel minimamente melhor que o Corolla à época, e que tornou-se uma simples nota de rodapé quando as novas gerações de Civic e Corolla trucidaram o GM. Os detalhes dessa ruindade você poderá conferir logo mais – celebraremos a despedida do Vectra com um teste.

E o que foi então a estadia do Vectra entre nós? Nada. Você lembra do Verona? E do Oggi? E do Pointer? Nesta geração, o Vectra foi isso – um carro esquecível, que não disse a que veio, só ocupou espaço e ludibriou consumidores. Matou um nome fortíssimo na GM. Acabou com a reputação construída pelo antecessor.

A chegada do Cruze como sucessor demonstra uma certa preocupação da GM em tentar oferecer produtos mais dignos em nosso mercado. Já não era sem tempo. E a nós, cabe lamentar os seis anos de convívio com um sedã de topo da GM que, após Opala, Monza e Vectra II, esvaneceu-se na mediocridade.

Comentários

Anônimo disse…
dubs, seguindo seu conselho e com base nas suas opiniões aluguei o focus (sedan glx mecânico 2.0) para avaliar se realmente é o carro que todos falam, suspensão multilink, estabilidade, etc e tal.
No início entrei em curvas rapidamente para ver se o carro ficava na mão e ele foi bem, fui aumentando a velocidade e ele correspondendo. Não satisfeito decidi entrar a 80 km/h em uma curva e para minha decepção perdi o controle do carro e bati de lado numa calçada e entortei toda a roda e quebrei o eixo. Estava querendo comprar um glx mas pelo teste desisti. Agora vou ter que pagar franquia de 4 mil reais para a locadora Localiza, mas esse dinheiro já tinha separado para isso mesmo, fiz um bom negócio pois ia gastar 60 mil no carro e não ia atender minhas necessidades. Acredito que se fosse um subaru ou azera conseguiria fazer, pelo controle de estabilidade. Acreditem essa tal de multilink é legal para subida de serra e entrada na tomada de curva (passa muita segurança mesmo) mas se vc quiser saber até onde vai o limite de um carro europeu feito no 1º mundo vai com cuidado pois não é tudo isso que dizem, existe muita fantasia. Tirei o mito do Focus, vou esperar uns 3 meses até repor meu dinheiro e agora vou tentar pegar um Corolla na Unidas (pois na localiza eles não tem essa categoria). Minha meta agora é ver se realmente o corolla realmente é inquebrável e tem durabilidade que todo mundo fala. Hj da linha da ford o único que me enche os olhos é o Fusion. Abs, Pedro.
Anônimo disse…
hã?????
Anônimo disse…
Post da avaliação focus 2.0 avaliei o carro em todos seus aspectos. Descubra todas as mentiras e verdades: 1) A Ford diz que o carro possui direção com 3 tipos de regulagem normal, desportivo e conforto) mas é tudo mentira, não muda nada. No modo conforto ele fica um pouco mais leve mas é como uma direção hidráulica comum, longe da direção elétrica de c3, fit e stilo. 2) O carro tem bom peso (fica grudado no chão), não chega a ser um peso- pesado como o vectra (que dá a sensação de vc carregar o carro nas costas). 3) O banco é de tecido de aspecto simples no início dá até vergonha, mas possui espuma no centro apoiando bem a coluna e embora tenha seu formato reto não dói a lombar como a maioria dos carros depois de uma longa viagem. 4) Motor fraco nas saídas devido suas relações curtas e somado ao peso do carro na 1º marcha ele não mostra a que veio, é frouxo. Porém depois que embala, acima de 60km/h (enche após a 3º marcha) aí ele ganha força mesmo, dá um tapa nas costas e vc abre um sorriso de satisfação sem perceber , seu motor sigma é extremamente suave e roda liso, percebe-se pelo seu modo de girar é só "escutar o motor" (a 100km/h ele está a 2.350rpm). Parabéns a ford. O problema do 2.0 é que para rodar a maioria do tempo na cidade e em congestionamentos como em SP, ele perde totalmente sua função. Portanto não pense 2x se for uso somente na estrada pegue o 2.0. Para a cidade 1.6 vai atender bem na sua proposta, vc vai economizar (dar valor ao seu dinheiro) e ajudar o meio ambiente evitando desperdícios, ter um 2.0 para colocar na cidade é só para dizer.5) Qualidade na construção do carro e materiais usados:Pára-brisa grande e pode pegar muita chuva que ele possui um vidro especial que não fica nenhuma água nele, palheta suave e muito silenciosa mesmo no modo mais rápido, volante revestido em couro com costuras de muito bom gosto, fundo do painel lindo e mostradores(gosto pessoal) e se vê os instrumentos mesmo de noite com farol desligado, painel todo emborrachado de bom tato, encaixes sem folgas, isolamento acústico muito bom, ergonomia tudo a mão desde o som, trio, câmbio, pegada do câmbio excelente. Detalhes ruis: revestimento das portas de plástico duro e pouco tecido e maçaneta preta que destoa muito do conjunto. Ela chama demais à atenção pelo conjunto (vc olha e diz não merecia isso), mas se olharmos nossos modelos nacionais está na média. Inevitavelmente vai lembrar da maçaneta do golf e ver que desde 1997 a coisa vem piorando. A perna direita do motorista bate na lateral, foi dimensionado errado o espaço, erro de projeto ou não tinham como melhorar, se a pessoa estiver no sobrepeso ou gordo vai reclamar muito.6) Embreagem é extremamente dura, se pegar trânsito esqueça, acabará todo o seu prazer de dirigir, e pensará: como esses caras da Ford são burros!! já na estrada nem lembrará de quão pesada é. Até quem gosta de dirigir vai se incomodar, a menos que ache que carro bom é carro duro, até gol g4 faz bonito e dá aula para a Ford. 7)Os engates do câmbio são precisos e entram com facilidade, macio e sem erros. 8) O freio é igual a uma âncora pisou pára na hora, ele entende que freio é para frear, modularidade de freios para o focus é frescura. 9) A estabilidade é excelente, os pneus não perdem contato com o solo nas condições normais. 10) Quem vai no espaço traseiro vai com espaço para as pernas mas o banco é duro, diferente dos bancos da frente. 11) Suspensão bem macia filtrando os buracos, por ter material emborrachado não há ruidos ao passar por paralelepípedos. Hoje no mercado o Sandero é a minha referência em suavidade da suspensão (mais macio que todos os carros fiat - palio siena e stilo) e estabilidade em curvas. O carro alugado estava com estava com 13 mil km.
Anônimo disse…
Se vc quer um focus de todo jeito, quer equipamentos junte mais uns 15 mil e compre um titanium, nós sabemos que ele não vale nunca 75 mil (top linha aut), mas no dia a dia vc vai ver as maçanetas cromadas, teto solar, botão power, banco em couro com costuras em branco, viva voz e bluetooth, acendimento automático, sensor chuva e retrovisor eletrocromico, ac digital, controle som volante. O seu convívio com ele será melhor, vai olhar os detalhes e ver que tudo foi bem pensado e planejado para você e do jeito que vc gosta, a sensação final será que valeu cada centavo. Agora se o orçamento estiver apertado vá no melhor custo x benefício é o GL 1.6 (para uso na cidade) pode deixar o abs de lado o congestionamento não vai deixar vc atingir velocidade suficiente para uma freada brusca.
Anônimo disse…
Sabe pq a Ford não vende o focus? está no seu próprio slogan (apaixonados por carro). Sabe-se que metade das população no Brasil são mulheres e ofereça a elas um carro com embreagem pesada, direção pesada e hidraulica (em vez de elétrica), sem espaço interno para maquiagem, maçaneta ao abrir tira o esmalte da unha, e me diga que mulher vai comprar um carro com essas características? O Brasil já é hj um pais de idosos e menos crianças estão nascendo, ou seja, teremos menos jovens no futuro, tendência de compra de carros conservadores como Corolla, e ainda temos um país que 60% dos carros são de entrada (corsa sedan, celta, gol). O que sobre de mercado para o Ford? Quem vai o perfil de quem vai comprar esse carros? Quem valoriza engenharia e alemães, fizeram um produto de especicação técnica só esqueceram de perguntar se as pessoas querem um carro assim. Me lembra o caso do classe A, um carro feito por engenheiros (mercedes) e para engenheiros..e o resultado deu no que deu, nos casos de fracasso é que se aprende e tira lições mas pelo jeito a Ford prefere "enxergar somente os casos de sucesso". Para entender um fracasso é só olhar no passado.
Anônimo disse…
O motor 2.0 do Focus é um Duratec, não Sigma...
Renato disse…
Uma característica interessante dos carros brasileiros da GM é o visual "duradouro".

Para citar alguns exemplos, o último Monza, o primeiro Corsa e o Vectra anterior podem rodar na rua hoje sem parecerem carros de mil anos atrás.

O Vectra atual, independente da "engenharia" é, sem dúvida, um carro bonito e que vai se manter visualmente atraente por muitos anos.

Torço que a geração Agile não contamine a beleza dos próximos modelos.
Anônimo disse…
o carro Vectra em si não deixará a mínima saudade, mas suas linhas harmônicas e desenho da traseira mostram como pode ser belo um carro, e ao mesmo tempo atual. Apesar de muitos anos seu desenho continua sóbrio e bonito. Como aparência não é tudo, foi tarde!!! espero que o que venha subtituir seja melhor, pior deve ser dificil mas em se tratando da GM tudo é possível.
André disse…
Vai ter encontro do Monza Clube hoje no Anhembi. Uau!!! Que espetáculo deve ser, hein? Se o cara chegar de Vectra, ninguém vai notar a diferença. hahahahaha

http://www2.uol.com.br/interpressmotor/noticias/item38485.shl
Anônimo disse…
dubs, sou eu de novo... a empresa que trabalho para reduzir custos cancelou despesas extras, então não posso mais alugar carros da categoria executivo, a pedida agora é econômico com ar. Aluguei na Unidas o corsa sedan classic 1.0 por uma semana para viagens no interior, e dei muita pancada no carro (ficava falando para mim mesmo "isso é um trator, uma máquina de moer") para ver se conseguia danificar ou criar algum barulho interno, peguei de tudo valeta, buraco, terra batida, cratera e antes de devolver levei na goodyear falando que tinha um barulho em baixo (era mentira), era para conferir o estado do carro por baixo (após esse verdadeiro rally), e o cara disse que ele estava inteiro td perfeito, FIQUEI CHOCADO , quem diz que esse corsinha é robusto podem acreditar ele foi aprovado no meu teste. Depois de tudo que fiz o que se ouve agora é um rangido de plástico, tipo um crec crec (o que considero dentro do normal já que o carro é puro plástico) e combustivel chacoalhando. Esperava bem mais barulhos. Tenho muita bronca da GM e não entendo como tem gente que compra seus carros, mas depois desse teste confesso: estou revendo meus conceitos, o acabamento em si é horrivel, posição ruim e bancos rusticos, curvin, mas pensando em um comprador que quer um carro que não quebre e para cidade ele tem ótimo custo benefício. Me frustrou ver que não tive competência de fazer o que me propus, mas aprecio tratores urbanos. Dica: Mesmo se vc correr o risco de pegar um corsa "cansado" ainda assim acredito que ele não vai te deixar na mão. Gostaria de ver como o corsa se sairia num alagamento ou na areia da praia, mas não posso correr o risco de me queimar, a prudência é algo que todos devemos ter. O celta já não passa no teste porque consegui furar seu protetor de cárter em vários pontos por causa das pedrinhas, é um carro bem fraco comparativamente. http://www.youtube.com/watch?v=X3IV4vQMdHo se vcs quiserem que eu poste as minhas impressões como fiz no focus solicitem e se for autorizado posso contribuir muito com todos. abs Pedro

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6