Esse é o caminho

A Mitsubishi acabou de lançar no mercado o primeiro motor V6 flex do Brasil. Ele equipa o SUV Pajero Sport, atualmente várias remodelações sobre a plataforma original de 1996. O carro é feio, velho, apertado, duro, de acabamento péssimo para seu preço, ruim de dirigir, uma aberração, enfim. Desperdício de dinheiro.

 

O motor, no entanto, espero que sinalize uma nova era, na qual até as unidades de maior cilindrada e desempenho poderão rodar com álcool. É claro que aqui faz pouca diferença o ganho de potência e torque com álcool (5 cv e 1 m.kgf de torque, isso numa unidade com 200 cv e 31 m.kgf), e o consumo neste combustível pode se tornar exacerbado.

 

Porém, como falei há alguns posts, o álcool é um combustível renovável, e do ponto de vista ambiental é mais interessante um carro fazendo 5 km/l de álcool do que 10 km/l de gasolina. Além disso, o uso do álcool diminui nossa dependência do petróleo estrangeiro. E, por fim, somos o único país a adotar o álcool em larga escala, numa das poucas iniciativas inteligentes do governo, então o negócio é aproveitar.

 

A Mitsubishi alega um consumo realmente excessivo para o motor se abastecido com álcool, de 3,5 km/l no ciclo urbano. Mas erra quem coloca toda a culpa no combustível vegetal: o motor é do arco da velha (basta ver que outros V6 apresentam potências superiores em mais de 60 cv), o câmbio é da mesma época (4 marchas sem comando na alavanca nem inteligência nenhuma) e o carro, como todo SUV, é extremamente pesado. Fosse um carro um pouco melhor nessas condições (Captiva, Fusion, Passat) e o consumo não seria esse absurdo. E, se considerarmos o litro do álcool a menos de um real em São Paulo, também não é custoso.

 

Portanto, que venham os motorzões flex!

Comentários

Paulo disse…
Parabens, comentários justos e pertinentes. Será que a Ford não pensa em trazer para cá o Fusion flex 6 cil (que já existe nos EUA, como E85 ?).
Rafael disse…
Concordo com tudo. Parabens.
Kleberson Silva Uzberk disse…
E por falar em imports...

Entre os esportivos usados importados Mitsubishi Colt GTi e Honda Civic VTi, ambos 1.6 16V, com 140 e 160 cv, respectivamente. Qual deles vc prefere?
E, se nessa briga eu colocasse o Mitsubishi Lancer 1.6 16V também?

Gostaria de sua opinião, DubStyle...

E, se outros leitores quiserem opinar também, fiquem à vontade!

Caso queiram falar por e-mail: kleberson.silva@gmail.com

Muito obrigado!
Abraços
Dubstyle disse…
Kleberson, nem vou levar em conta design, espaço interno, conforto. Como são carros já com bons anos de estrada e que vão precisar de alguma manutenção, vá de Civic. Peças mais fáceis de achar tanto em concessionárias quanto no paralelo, e o carro é mais robusto.
Kleberson disse…
Valeu, Dubstyle!
Vc é o cara!

Abraços!

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6