Propaganda inteligente

O difícil de fazer propaganda de carro para o público brasileiro é que, ao contrário do que se pensa, brasileiro não gosta de carro. Só alguns realmente gostam. O que a maioria gosta é de um símbolo de status, ou então simplesmente de ter seu problema de mobilidade resolvido. Se brasileiro realmente gostasse de carro não teríamos tanta coisa obsoleta sendo comprada.

Tudo isso precisa ser considerado pela agência responsável pelas propagandas de um novo lançamento. Como transmitir ao público as características e qualidades do carro sem ser chato? Ou então, como esconder que o carro não é lá essas coisas?

A Fiat fez bem com o Linea nesta propaganda aqui. Fala sobre um monte de coisas, mas nada sobre o carro, porque o carro é meio tanga e não tem muito o que ser falado sobre ele. A aposta foi no status. Como disse um entendido: “a propaganda é ótima, está tudo certo, menos o Linea que aparece no final. Não combina com o resto.”

A Volkswagen lançou o Jetta com esta. Coisa horrível, deplorável, um carro desse padrão com um cachorro (???) falante (?????). Hein? Oi? Um monte de soluções técnicas que fazem o TSI ser o queridinho dos entendidos e tem um cachorro falante? 30 segundos para passar uma mensagem e não lembramos nada do carro, só o pentelho do cachorro. E o cara que teve essa ideia recebeu dinheiro por isso.

Muito diferente a atitude da Ford com o Fusion. No que foi um dos maiores sucessos em termos de vídeos de propaganda na internet brasileira, a Ford promove uma corrida entre os campeões mundiais de F1 Mansell e Piquet com seu novo carro. Bastante tempo para explicar os detalhes técnicos e ainda adicionar tensão e pimenta na medida certa. Uma abordagem que mexeu com o coração dos entendidos mas que, sem dúvida, também fala a outros corações e mentes de pessoas menos ligadas ao universo dos carros.

Parabéns para a Ford.

Comentários

André disse…
Uau. Animais esses vídeos da Ford. Espetáculo!
moraesvt disse…
Isso mostra como nosso mercado é imaturo. As propagandas tem que ser floreadas com outras coisas, tudo menos o carro, pq brasileiro não se interessa pelos detalhes técnicos, itens de segurança, acabamento, etc. Ele tem preguiça de comparar... basta ser bonito, ter presença e mecânica barata.
Criticamos as montadoras, mas elas na verdade agem de acordo com nossas escolhas e gostos. Se tivéssemos maior discernimento, teríamos produtos bem melhores por aqui.
Abs!
Anônimo disse…
incrível mesmo é que eu nem lembrava do carro da propaganda com o cachorro. só fui lembrar agora, lendo o seu post.

a maioria certamente tem o que merece - lixo.
Anônimo disse…
anonimo aposto que a propaganda do gol g5 (aquela carroça) vc lembra né? jetta não é carro para vc. se conforme.
D.A.R.Y.L disse…
o engraçado é q essas propagandas "com bichinhos" virara moda uma época. Tipo um viral q afetou todas as agências de propaganda. Ainda bem q essa moda parece q passou
Anônimo disse…
Brasileiro compra carros obsoletos porque não tem opção. Se os carros aqui tivessem preços menores, com certeza compraríamos carros melhores. Então não concordo que brasileiro não gosta de carros......Gustavo

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática