Comentários a esmo sobre as coisas


VW foi conservadora nos números de torque e principalmente potência no Up TSI. Provavelmente durabilidade e a flexibilidade em combustível pesaram. Tem espaço para uma versão GT de verdade, com uns 15 cv a mais. Infelizmente não deve acontecer. Mesmo assim, Speed Up! já nasceu com cara de futuro clássico.

Focus Fastback é um ofensa aos verdadeiros Fastbacks. Especialmente num face lift de meio de ano que nem mudou o jeito do carro. Se a Ford quer vender mais Focus, não é por aí. O M4R dá a receita: mais investimentos em propaganda (isso aparentemente já vai acontecer), melhor calibração do Powershift para ele funcionar como um dupla embreagem de verdade, e uns 15% a menos no preço. Esse povo precisa entender que não dá pra competir com Civic e Corolla sendo somente “mais completo”. É preciso ser “mais completo e mais barato”. Ah, e oferecer um pós-venda bom, que é crítico na Ford.

É notável a ofensiva da Audi na imprensa e nos preços. Tá realmente botando pra quebrar. Em todas as categorias a Audi senão tem o melhor carro tem o melhor negócio. Difícil pensar num premium alemão no Brasil sem considerar os quatrargólicos.

“Pensei que não viveria para ver a VW baixar os preços”. Melhor comentário que vimos recentemente.

Os descontos em concessionárias estão absurdos. Várias publicações comentando sobre os bons negócios disponíveis. Nessas, o preço de tabela virou uma referência e tem sido muito mais útil saber a relação entre oferta e procura de determinados modelos.

Ou seja, carros com alta produção e com redução nas vendas são os que têm via de regra as melhores ofertas. Pegue o Clio, que custa mais de 30 mil na tabela, mas poide ser encontrado por 25. E os hatches de entrada, com alto volume e produção local, seguem a mesma toada. Os descontões estão em Gol, Up, Uno, Palio, Onix, Ka, e quetais.


Já se estás a fim de um carro importado ou com produção reduzida, as opções não são boas. Descarte qualquer Honda por exemplo. O HR-V tem fila de espera de 150 dias e como todos os Honda no Brasil são produzidos na mesma fábrica, os volumes de Fit, City e Civic caíram para dar lugar ao SUVzinho. As negociações também são frustradas com Corolla, que segue vendendo bem, ou Golf, importado do México. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Comparativo: Celta Life 1.0 VHC x Palio 1.0 Fire

Teste: Hyundai Azera 3.3 V6

Teste: Chevrolet Zafira Elegance 2.0 automática